quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O Paulo Paixão já não está entre nós

Amigas e amigos,

Deixou-nos para sempre o Paulo Paixão, prostrado num leito do Hospital de Santa Maria pela enfermidade que o atormentava de há uns meses a esta parte.
Face à sua ausência a eloquência esgota-se e a saudade acompanha a dor num crescimento inclemente.
O Paulo Paixão, o amigo dotado de tanta humanidade e de um irmanar tranquilo com o ideal libertário.
Partiu para sempre o homem empenhado em causas, amigo de toda a gente, dotado de uma sensibilidade do tamanho do mundo, que ajudou a criar a nossa Tertúlia Liberdade.
Que todos nós nos inspiremos no seu exemplo.

1 comentário:

Sergio Luiz Monteiro disse...

Lamento a morte de um trabalhador da causa da justiça e da igualdade, e que participou da fundação da Tertúlia. Sergio Mesquita - Rio de Janeiro - Brasil.